segunda-feira, maio 18, 2009

Novo do G.D.


E o Green Day esta de volta cinco anos depois de lançarem American Idiot, a banda lança 21st Century Breakdown com status de opera rock e seguindo os passos do antecessor.
O Álbun é dividido em três partes "Heroes and Cons", "Charlatans and Saints" e "Horseshoes and Handgrenades".
De cara dá para perceber que a banda continua afiada e basicamente faz uma continuação de American Idiot. Destaques para as músicas Know Your Enemy (o primeiro single), ¡Viva la Gloria! , Murder City (que lembra a fase Insomniac), Restless Heart Syndrome (balada com cara de que vai fazer sucesso na rádio) e Horseshoes and Handgrenades.
É um bom álbum que deve continuar agradando a antigos e novos fãs, porem ainda continuo com Dookie como o melhor cd dos caras. Mas escutem sem medo 21st Century Breakdown é um bom álbum.

Lembrando que o álbum foi produzido por ninguém menos que Butch Vig - Baterista do Garbage e produtor de nada mais nada menos que Nevermind do Nirvana.

2 comentários:

atlantic disse...

Sabe que comprei o Dookie hoje de novo? Sério mesmo. Tava R$ 14 nas Lojas Americanas. O fato é que, em 96, dei meu CD original a um amigo e nunca mais tive o disco na coleção. Quando veio o napster, eu baixei o álbum em mp3 e dei o assunto por encerrado.

Hoje entrei numa loja para garimpar e dei de cara com o Dookie a R$ 14. Comprei na hora. Esse disco fez parte da minha vida. Quando eu tinha 14 anos, não tinha internet e as novidades só chegavam por MTV, testemunhei a estréia de "Longview" no programa Lado B, do Massari e achei aquilo muito diferente do que rolava nas rádios.

Veja como eram as coisas... Green Day já foi lado b! Ainda não ouvi o trabalho novo, mas concordo com você: Dookie é excelente. Kerplunk também é bem legal.

iga_rio disse...

Cara eu lembro da estreia do Longview no lado B... o meu Dookie foi comprado na antiga gramophone, mas é alemão..rsrs existia isso na época, vários cds da warner que vendia aqui no brasil era made in german.

Fui no show deles no antigo Metropolitan... foi em 98, lembro que sai correndo de uma prova na faculdade... das bandas que eu curtia nessa época e desse movimento de punk da california a unica que não vi ao vivo foi o Rancid.

Abraços,